Zero Dias

Impossível desenganar o tempo.
Ele corre livre, transforma o espaço em vulto.
Você não o vê, mas sente.
Ele passa, te abraça, te laça, te vira do avesso.
Ele não se entrega. Continua.São zero dias sempre.
Para cada dia que passa, para dia que acaba
Para cada  dia, dúvida, para cada dia dia vida...

Nenhum comentário:

©2010 Danny Montenegro Por Escrito em Nanquim